'100% das cédulas na Irlanda têm cocaína', diz estudo

da BBC, em Londres

Cem por cento das cédulas de euro da República da Irlanda contém vestígios de cocaína, de acordo com um estudo da Universidade da Cidade de Dublin.

Os pesquisadores utilizaram técnicas forenses de última geração, capazes de detectar até os mais diminutos fragmentos, para estudar um lote de 45 cédulas.

Os cientistas se disseram "surpresos pelo resultado".

Algumas cédulas tinham concentrações de cocaína tão altas que, acredita-se, foram usadas para aspirar a droga.

Outras apresentavam uma quantidade menor e podem ter sido contaminadas, talvez em carteiras ou no bolso dos usuários.

Consumo

O resultado condiz com análises científicas de outros países como a Grã-Bretanha e a Espanha, onde também foi constatada a presença de cocaína em uma alta porcentagem de notas.

Partículas de cocaína aderem ao algodão contido dentro das cédulas.

Acredita-se que o uso de cocaína esteja aumentando na República da Irlanda.

O estudo foi liderado por Brett Paul e divulgado em uma publicação da Real Sociedade de Química da Grã-Bretanha.

Paul diz que os resultados alcançados demonstram como é generalizado o consumo de cocaína.

Ele também constatou que cédulas de denominações mais altas - como 20 e 50 euros - têm maior probabilidade de conter maiores vestígios da droga.

Nas últimas semanas, o uso de drogas na sociedade irlandesa tem sido alvo de escrutínio.

Na capital, Dublin, várias mortes recentes foram ligadas a quadrilhas de tráfico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos