Líderes discutem comércio, clima e mudança de poder em Davos

da BBC, em Londres

As mudanças climáticas, o comércio internacional e mudanças no equilíbrio de poder do mundo estarão entre os principais assuntos discutidos no encontro anual do Fórum Econômico Mundial que começou nesta quarta-feira em Davos, na Suíça.

O evento, promovido desde 1971, deve registrar um recorde histórico de participação. Serão 2,4 mil participantes entre empresários, políticos, acadêmicos, ativistas e outros representantes da sociedade civil.



São aguardados 24 chefes de Estado e 73 presidentes das cem maiores empresas do mundo.

O tema principal do evento é “Mudanças na Equação do Poder”.

"Bate-papo"



“O poder está migrando em termos geopolíticos, comerciais e até no mundo virtual. O poder, a riqueza e o bem-estar estão distribuídos de maneira cada vez mais complexa”, disse o fundador do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab.

O Fórum é descrito por muitas pessoas como uma “grande sala de bate-papo”.

Não é para menos. Estão programadas 223 sessões em que serão discutidos temas variados, desde o conflito no Oriente Médio até o jogo de xadrez – tema apresentado pelo campeão Anatoly Karpov.

O aquecimento global, no entanto, é o tema de 17 debates.

A própria cidade de Davos deverá servir como um exemplo muito próximo das mudanças climáticas: um dia antes do evento começar, a neve praticamente ainda não havia chegado à estação de esqui e os termômetros registravam 2 graus positivos, algo atípico para esta época do ano.

Lula

Outro destaque é o comércio internacional. Os líderes têm encontro marcado na sexta-feira para discutir a Rodada Doha da OMC (Organização Mundial do Comércio) para liberalização do comércio mundial.

Já uma preparação para a reunião de sábado em que cerca de 30 ministros, entre eles o chanceler Celso Amorim, tentarão abrir caminho para uma possível retomada das negociações, suspensas desde julho do ano passado por diferenças no setor agrícola.

Entre os chefes de Estados europeus estarão presentes a chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega nesta quinta-feira e, ao lado do seu colega mexicano Felipe Calderón, fala sobre as perspectivas da América Latina.

Acesso

O público em geral, e muitos jornalistas, não tem acesso ao evento. Mas os internautas podem conferir a disponibilidade de vodcasts, arquivos de vídeo que podem ser baixados no computador.

Quem está no jogo virtual Second Life poderá enviar suas perguntas ao correspondente da Reuters no jogo, Adam Reuters, que fará entrevistas no auditório virtual.

Além disso, os organizadores solicitaram aos participantes que escrevam mensagens no blog do evento.

Não há previsão de manifestações na estação de esqui, que teve sua segurança reforçada.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos