Felipão vê vitória sobre o Brasil com sobriedade

da BBC, em Londres

O técnico de Portugal, Luís Felipe Scolari, disse que a vitória sobre o Brasil por 2 a zero na noite desta terça-feira, no estádio Emirates, em Londres, não teve um sabor especial para ele.

"Seria a mesma coisa se tivesse vencido a Inglaterra, a França ou a Holanda. Trabalho para Portugal", disse Felipão.

Mas o técnico reconheceu que a vitória pode ter um grande significado para a equipe portuguesa. "Para a seleção representa uma vitória sobre os pentacampeões, que estão há muito tempo em primeiro lugar no ranking."

"E principalmente, aumenta a auto-estima para a partida contra a Bélgica", disse Felipão, referindo-se à partida válida pelas eliminatórias da Eurocopa, marcada para março.

Sobre o jogo em si, Scolari disse que o placar não refletiu perfeitamente o desempenho das equipes. "O Brasil teve mais oportunidades, mas aproveitamos melhor."

"Os dois times mostraram um futebol muito parecido. O público inglês gostou de ver o espetáculo, nossas escolas atuando."

Esta foi a segunda vitória de Luís Felipe Scolari sobre o Brasil desde que assumiu o comando do time português, em 2003.

Mesmo assim, Felipão recusa o rótulo de "carrasco" do Brasil. "Os brasileiros gostam de mim. Pago sempre minhas contas", brinca o treinador.

"Os brasileiros sabem que eu amo o Brasil, mas também amo Portugal, amo o meu trabalho."

O técnico acredita que a seleção brasileira sob o comando de Dunga está no caminho certo, apesar do resultado negativo. "Dunga está fazendo o trabalho que tem que fazer, garimpando os jogadores, testando-os."

"Isto é o que deve ser feito até as eliminatórias. Não é por causa de uma derrota que se deve mudar o caminho."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos