Aquecimento ameaça geleiras tropicais, adverte pesquisa

da BBC, em Londres

O aquecimento global está provocando o derretimento das geleiras eternas em regiões tropicais, colocando sob ameaça o abastecimento de água para milhões de pessoas, segundo advertiram pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio.

A advertência foi feita durante o encontro anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em São Francisco.

Segundo os pesquisadores, a geleira Qori Kalis, no Peru, pode perder metade de seu tamanho nos próximos 12 meses e desaparecer completamente em cinco anos.

A geleira estaria perdendo cerca de 60 metros ao ano atualmente, contra uma média de um metro ao ano durante os anos 1960.

O derretimento das geleiras estaria afetando também outros países andinos - Colômbia, Venezuela, Equador e Bolívia.

Prova clara

Os pesquisadores dizem que o encolhimento das geleiras é a prova mais clara até hoje do aquecimento provocado pelas mudanças climáticas.

“As geleiras tropicais em baixas altitudes já estão desaparecendo”, disse a glacióloga Lonnie Thompson, que chefiou a pesquisa.

“Não importa o que fizermos, vamos perder as geleiras do Kilimanjaro (a montanha mais alta da África), vamos perder as geleiras de baixa altitude nos Andes. A questão é quão longe teremos que chegar antes que haja alguma ação significativa para reduzir emissões”, lamenta Thompson.

Segundo ela, a perda das geleiras tropicais deverá ter um grande impacto sobre a vida de milhões de pessoas que dependem delas para seu abastecimento de água.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos