Países mais felizes têm menos problemas de pressão sangüínea

da BBC, em Londres

Pesquisadores encontraram ligações diretas entre os índices de felicidade de um país e os problemas de pressão sangüínea de seus cidadãos.

A pesquisa mostra que os países em que os cidadãos se dizem mais felizes são também os que apresentam menos problemas de pressão. Os pesquisadores não sabem exatamente o porquê dessa relação.

O estudo foi realizado pelos economistas Andrew Oswald, da Universidade de Warwick, na Grã-Bretanha e David Blanchflower, do Dartmouth College, nos Estados Unidos.

Os pesquisadores usaram uma amostra aleatória de 15 mil pessoas em 16 países europeus. Estas pessoas foram entrevistadas sobre vários aspectos de suas vidas, incluindo seus níveis de satisfação, sua saúde mental e possíveis problemas de hipertensão.

Lista

Segundo o estudo, a Suécia, a Dinamarca e a Grã-Bretanha estão no topo da lista dos países europeus mais felizes e com menos problemas de pressão. Já Finlândia, Alemanha e Portugal estão no final da lista.

“Nós descobrimos que a medida da taxa de hipertensão de uma nação é um bom indicador de sua felicidade geral”, disse Oswald. “Isso nos surpreendeu.”

Os médicos já sabiam que a pressão sangüínea é um dos indicadores sobre a saúde de uma pessoa. Mas este estudo é o primeiro a demonstrar que há uma ligação entre a felicidade de um país e os níveis de pressão sangüínea.

“Apesar de soar estranho sugerir isso em 2007, talvez os índices de pressão sangüínea acabem um dia substituindo ou complementando o produto interno bruto (PIB) como medida do sucesso de um país. Talvez economistas e médicos precisem trabalhar juntos para estabelecer as políticas econômicas do futuro”, disse Oswald.

O estudo será publicado pelo Escritório Nacional de Pesquisa Econômica, em Massachussetts, nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos