Papa faz homenagem a vítimas do nazismo na Áustria

O Papa Bento 16 prestou uma homenagem silenciosa nesta sexta-feira às vítimas do nazismo durante visita de três dias à Áustria.

No memorial da praça Judenplatz, de Viena, Bento 16 disse que sua visita é uma expressão de "tristeza, arrependimento e amizade" em relação ao povo judeu.

Ele esteve acompanhado do principal rabino de Viena, Paul Chaim Eisenberg. Segundo o enviado especial da BBC à Áustria, David Willey, o papa havia dito a jornalistas a bordo do avião que o levou para a Áustria que não se encontraria com outros líderes religiosos.

Antes da Segunda Guerra, Viena abrigava uma das maiores comunidades judaicas do mundo. A população de quase 200 mil judeus foi reduzida para cerca de sete mil.

Atualmente, a Igreja Católica enfrenta uma crise devido à perda de fiéis, afirma o enviado da BBC. Apesar de menos católicos terem deixado a Igreja no último ano, em comparação com os anos recentes, a tendência de queda no número de fiéis continua forte no país.

O Vaticano diz que dois terços dos austríacos ainda fazem parte da Igreja Católica, mas pesquisas independentes publicadas no país indicam que os números são menores. Um dos estudos afirma que 15% dos católicos freqüentam a missa aos domingos, segundo o enviado especial da

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos