Obama é eleito 'Personalidade do Ano' pela revista 'Time'

A revista americana Time escolheu o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, como "Personalidade do Ano" de 2008.

  • BBC

    Primeiro presidente negro dos EUA, Barack Obama estampará mais uma vez a capa da Time

Segundo a revista, Obama recebeu o título, concedido todos os anos a uma personalidade de destaque, por "ter a confiança de esboçar um futuro ambicioso em um momento sombrio e a competência que faz os americanos terem esperança de que ele talvez consigar realizá-lo".

"Em uma da eleições mais loucas da história americana, ele superou a falta de experiência, um nome esquisito, dois candidatos que são instituições políticas e a divisão racial para se tornar o 44º presidente dos Estados Unidos", diz o texto da revista.

"É pouco provável que você esteja surpreso ao ver o rosto de Obama na nossa capa", acrescenta a Time . "Ele dominou a esfera pública tão completamente que é inacreditável lembrar que metade dos americanos nunca havia ouvido falar dele dois anos atrás."

Capa
Obama foi capa da Time 15 vezes nos últimos dois anos. "Precisaríamos de algum motivo realmente forte para não escolher o presidente eleito Barack Obama", disse o editor de internacional da Time, Michael Elliot, à rede americana de televisão CNN.

Elliot afirmou que Obama tem uma história "extraordinária", que cativou pessoas "de Jacarta a Dublin, de Iowa a New Hampshire".

"Há um grau de empolgação cercando Obama que nós tentamos capturar em nossa escolha", disse o editor.

A Time escolhe o "Homem do Ano" desde 1927, e desde então elege um homem, mulher ou grupo de destaque. Em 1999, o título passou a ser chamado de "Personalidade do Ano".

Entre ganhadores recentes do título estão o atual primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, o público da internet e o soldado americano.

Destaques
Além da "Personalidade do Ano", a Time também elegeu quatro nomes para a segunda colocação: o secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, a candidata republicana a vice-presidente americana Sarah Palin e o cineasta chinês Zhang Yimou, que dirigiu a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim.

Outras 17 pessoas que se destacaram em 2008 também foram escolhidas, entre elas o presidente americano, George W. Bush, e a senadora Hillary Clinton, que disputou com Obama a indicação do Partido Democrata para concorrer à Presidência e será secretária de Estado no novo governo.

Também foram destacados o candidato republicano à Presidência, John McCain, que foi derrotado por Obama, e o secretário de Defesa americano, Robert Gates - que permanecerá no cargo no governo de Obama.

O presidente do Zimbábue, Roberto Mugabe, foi uma das pessoas destacadas pela revista. A Time disse que "é difícil acreditar que Mugabe um dia foi uma figura heróica na África" e que hoje ele "preside uma cleptocracia corrupta".

A franco-colombiana Ingrid Betancourt, ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que foi resgatada em julho depois de seis anos de cativeiro na selva, foi outra personalidade destacada pela revista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos