PUBLICIDADE
Topo

Presidente de Israel aceita oferta de papa para reunião com palestino

Em Jerusalém

25/05/2014 10h47

O presidente de Israel, Shimon Peres, elogiou neste domingo (20) a iniciativa do papa Francisco de oferecer "sua casa" a israelenses e palestinos para rezar pela paz, porque "desde sempre apoiou qualquer iniciativa" deste tipo.

"O presidente aceita o convite do papa Francisco, ele sempre apoiou, e seguirá apoiando, qualquer iniciativa para encorajar a causa da paz", disse à Agência Efe uma fonte de seu gabinete.

Antes de iniciar a oração de Regina Coeli na praça da Manjedoura, em Belém, onde chegou hoje na segunda etapa de sua primeira peregrinação à Terra Santa, Francisco convidou os presidentes da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e de Israel, Peres, a se unirem em suas orações pela paz e ofereceu "sua casa" no Vaticano para este projeto.

Minutos depois, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, confirmou que se trata de um convite formal a ambos os líderes para falar de paz "em um sentido religioso", e disse que a intenção do pontífice é que o encontro possa ocorrer no Vaticano em um breve espaço de tempo.

Peres receberá hoje Francisco no aeroporto Ben Gurion ao término de sua viagem a Belém, e amanhã se reunirá com ele em Jerusalém em um ato que incluirá uma reza conjunta pela paz por parte de líderes das três religiões monoteístas.