Coreia do Sul anuncia diálogo com EUA para instalar escudo antimísseis

Seul, 7 fev (EFE).- O governo da Coreia do Sul anunciou neste mdomingo que começará as negociações com os EUA para a instalação do escudo antimísseis THAAD, depois que a Coreia do Norte lançou um foguete ao espaço no que se considera um teste de mísseis.

Autoridades do Executivo sul-coreano e das Forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul (USFK) tomaram a decisão em reunião de emergência em Seul horas depois que o regime de Kim Jong-un realizou, aparentemente com sucesso, o lançamento no qual teria posto em órbita um satélite.

Ambos os países buscam "garantir a postura de defesa antimísseis da aliança Coreia do Sul-Estados Unidos contra as ampliadas ameaças da Coreia do Norte", segundo explicou um representante do governo sul-coreano citado pela agência local "Yonhap".

A possibilidade do desdobramento do americano THAAD na Coreia do Sul é um polêmico e caro projeto que até agora permanecia estagnado, em parte devido à oposição da China ao considerar que pode ser objeto de espionagem por causa de seu avançado sistema de radares.

O THAAD é o único método eficiente para a Coreia do Sul para interceptar a grande altura os poderosos mísseis do regime de Kim Jong-un, algo que não seria possível com o atual sistema de defesa nem com as tecnologias que Seul planeja implantar nos próximos anos. EFE

aaf/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos