Incidentes na 2ª fase de eleições locais em Bangladesh deixam 6 mortos

Daca, 31 mar (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram, entre elas um menor, e dezenas ficaram feridas em incidentes violentos ocorridos nesta quinta-feira na segunda fase das eleições locais em Bangladesh, o que eleva a 18 o número de óbitos no transcurso dos dois primeiros dias de votação, informaram diversas fontes.

O incidente mais grave aconteceu na ilha de Swandip, no distrito litorâneo sudoeste de Chittagong, onde três simpatizantes de um candidato político independente morreram após receber disparos das forças de segurança depois de atacar um colégio eleitoral.

"A polícia se viu obrigada a disparar em defesa própria. Três pessoas morreram e um agente ficou ferido", declarou ao jornal "The Daily Star" o superintendente adjunto da polícia do distrito, Abdul Awal.

Outras três pessoas morreram em incidentes registrados no distrito setentrional de Jamalpur, no meridional de Jessore e no de Keraniganj, junto a Daca, onde a vítima mortal neste último lugar foi uma criança de dez anos, segundo testemunhas e fontes policiais citadas pela agência "UNB".

A votação de hoje é a segunda de seis fases que acontecerão até o dia 4 de junho para escolher 4.275 conselhos rurais do país asiático (Union Parishad), importante elo administrativo e último da escala que compreende agrupamentos de aldeias e tem competências no desenvolvimento agrário e industrial.

Segundo a apuração de veículos de comunicação locais, pelo menos 12 pessoas morreram no dia 22 de março, na primeira fase deste pleito, vencido então pela governante Liga Awami em meio a acusações de fraude da oposição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos