Hillary mira disputa com Trump e o considera um risco para os EUA

Washington, 3 mai (EFE).- A ex-secretária de Estado e favorita para a indicação do Partido Democrata para as eleições presidenciais dos Estados Unidos, Hillary Clinton, já começou a pensar nesta terça-feira em uma possível disputa com o republicano Donald Trump, alguém que sua campanha considera "um risco grande demais" para o país.

Apesar de tanto Trump como Hillary ainda não terem alcançado matematicamente os delegados necessários para serem nomeados candidatos de seus respectivos partidos, a democrata já vê o magnata como candidato após a desistência de Ted Cruz.

Em comunicado emitido poucas horas depois que o senador Cruz anunciou sua saída da disputa republicana com a derrota em Indiana, o chefe de campanha de Hillary, John Podesta, afirmou que Trump não está preparado para manter os EUA seguros, nem para ajudar as famílias trabalhadoras a seguir em frente.

"Ao longo desta campanha, Donald Trump demonstrou que divide os americanos e que carece do temperamento necessário para dirigir nossa nação e o mundo livre. Com tanto em jogo, Donald Trump é, simplesmente, um risco grande demais", disse Podesta.

"Enquanto Donald Trump tenta intimidar e dividir aos americanos, Hillary Clinton nos unirá para criar uma economia que funcione para todo o mundo", acrescentou o chefe de campanha da ex-secretária de Estado.

A campanha da ex-primeira-dama não foi a única do Partido Democrata a reagir à indicação 'de facto' de Trump como candidato republicano, depois que o presidente do Comitê Nacional Republicano o chamou de "provável indicado". Seu rival, o senador por Vermont, Bernie Sanders, também se referiu ao magnata.

"O mais importante não é quem será nomeado entre Hillary e Sanders, mas que não permitamos que alguém como Donald Trump seja presidente dos Estados Unidos. Segundo todas as pesquisas que vi no último mês, Sanders vence Trump por margens superiores a Hillary", disse o senador e pré-candidato após sua vitória na primária do Partido Democrata em Indiana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos