Grande almoço em Londres lembra o 90° aniversário de Elizabeth II

Guillermo Ximenis

Londres, 12 jun (EFE).- Cerca de 10 mil pessoas desafiaram neste domingo a chuva para participar de um grande almoço no centro de Londres em comemoração aos 90 anos da rainha Elizabeth II.

Um colorido desfile no qual participaram mais de 300 dançarinos e 400 músicos, além de militares e centenas de representantes das mais de 600 organizações beneficentes que são presididas de forma honorífica pela rainha, colocou fim às comemorações, que começaram na sexta-feira.

A chuva que não deu trégua até a entrada da tarde não desanimou as milhares de pessoas que participaram do picnic organizado na avenida londrina The Mall, que une o palácio de Buckingham com a Trafalgar Square.

Os convidados, que pagaram 150 libras (193 euros) por comparecer ao evento, foram obrigados a utilizar casacos impermeáveis preparados pela organização, dado que as ferrenhas medidas de segurança proibiam entrar na zona do almoço com guarda-chuvas.

Além disso, foram repartidas cestas individuais com refrigerantes e comidas e cerca de 33 mil xícaras de chá.

O público teve a oportunidade durante o almoço de saudar os netos da rainha -o príncipe William e a sua esposa, a duquesa Kate, assim como o príncipe Harry-, que passearam ao longo da avenida e tiraram fotos com muitos dos presentes.

Pouco depois, quando o sol voltou a brilhar sobre o centro de Londres, a rainha e seu marido, o duque de Edimburgo, deixaram o palácio a bordo de um veículo desde o qual, de pé, cumprimentaram a multidão.

Elizabeth II usou um casaco rosa, enquanto o príncipe Felipe, que na sexta-feira soprou as velas de seu 95° aniversário, vestia um sobretudo marrom.

William, segundo na linha de sucessão ao trono britânico após seu pai, o príncipe Charles, prestou homenagem a sua avó com um discurso no qual celebrou a "ferrenha saúde, sua interminável energia e o conhecido sentido do humor" da rainha.

"Espero que não se importem -disse o príncipe- de que dedique um agradecimento pessoal à rainha e que o faça em nome de todos seus netos e bisnetos. Avó, obrigado por tudo o que fez por tua família. Não poderíamos desejar um aniversário mais feliz", proclamou o primogênito de Charles da Inglaterra e Diana de Gales.

"Muitos obrigado por demonstrar que os britânicos não permitem que um pouco de chuva arruine um bom dia ao ar livre", brincou o príncipe.

A rainha, por sua vez, agradeceu os presentes pelo "maravilhoso apoio". "Espero que estas celebrações sirvam para nos recordarmos dos muitos benefícios que surgem quando o povo se une em um propósito comum", indicou.

Elizabeth II completou 90 anos em 21 de abril embora, como é habitual, adiou as celebrações oficiais até junho para aumentar as possibilidades de desfrutar de uma meteorologia boa que encorajasse os cidadãos a sair às ruas.

A rainha é o segundo chefe de Estado que está há tempo leva no cargo -64 anos- depois do rei Bhumibol Adulyadej da Tailândia de 88 anos), que na quinta-feira completou 70 anos no trono.

As celebrações em Londres começaram na sexta-feira com uma missa de ação de graças na catedral de São Paulo na qual participou a família real completa, assim como o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron.

Os festejos continuaram no sábado com a tradicional cerimônia militar conhecida como Trooping the Colour, na qual a rainha passou revista a mais de 1,6 mil soldados da Guarda Real no Horse Guards Parade de Londres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos