Tóquio vai às urnas para escolher governador, com uma mulher como favorita

Tóquio, 31 jul (EFE).- Mais de dez milhões de habitantes de Tóquio foram convocados neste domingo às urnas para escolher seu novo governador, em uma eleição na qual a ex-ministra Yuriko Koike, a primeira mulher a concorrer ao cargo, é favorita para comandar uma das maiores cidades do mundo.

Os colégios eleitorais da região metropolitana de Tóquio abriram hoje suas portas às 7h (horário local, 19h de sábado em Brasília) e permanecerão abertos 13 horas para uma eleição das quais sairá a pessoa encarregada de preparar a cidade para os Jogos Olímpicos de 2020.

Este pleito acontece depois que em junho renunciou como governador após dois anos no cargo o controvertido Yoichi Masuzoe, por causa de um escândalo de despesas indevidas de fundos públicos.

Entre o número recorde de 21 candidatos parte como favorita a conhecida política Yuriko Koike, de 64 anos e que se apresenta como candidata apesar de ter tido uma longa carreira no conservador Partido Liberal-Democrata (PLD) do primeiro-ministro Shinzo Abe.

Como principal oponentes conta com o ex-ministro de Interior japonês Hiroya Massouda (64 anos), apoiado pelo PLD e o jornalista Shuntaro Torigoe (76), o candidato apoiado pelos principais partidos da oposição.

Os primeiros resultados baseados em pesquisas serão divulgados a partir das 20h (8h) quando fecharem os colégios eleitorais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos