"Desafeto" nas primárias, Ted Cruz volta atrás e expressa seu apoio a Trump

Washington, 23 set (EFE).- Ex-pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, o senador Ted Cruz reconsiderou nesta sexta-feira sua recusa em dar seu respaldo oficial à candidatura de Donald Trump e afirmou que votará no magnata nas eleições de novembro.

Cruz protagonizou um dos momentos mais polêmicos da Convenção Nacional Republicana, realizada no último mês de julho em Cleveland (Ohio), na qual o multimilionário foi indicado oficialmente para a corrida presidencial, quando o senador se negou a apoiar Trump em seu discurso.

O candidato republicano reagiu visivelmente zangado perante o desplante do legislador, que foi seu principal rival nas primárias, assegurando que "não precisava de seu apoio".

"Esta eleição é diferente de qualquer outra na história de nossa nação. Da mesma forma que muitos outros eleitores, tive problemas para determinar qual era a decisão correta", escreveu Cruz hoje em seu perfil no Facebook.

"Após muitos meses de uma cuidadosa consideração, de oração e busca da minha própria consciência, decidi que no dia das eleições votarei no candidato republicano, Donald Trump", anunciou o senador em uma longa carta a seus eleitores.

Cruz explicou que tomou essa decisão por duas razões. A primeira, porque no ano passado prometeu a si mesmo apoiar o candidato republicano que fosse indicado; e a segunda, porque "apesar" de estar "em desacordo em aspectos importantes" com Trump, "de todo ponto de vista Hillary Clinton é totalmente inaceitável".

"Fico enormemente honrado com o apoio do senador Ted Cruz", respondeu em uma declaração Trump, que trocou duros insultos e desqualificações com o senador na época das primárias.

O respaldo de Cruz, um dos símbolos do Tea Party e da área mais extrema do Partido Republicano, é anunciado a menos de dois meses para os pleitos presidenciais e legislativos no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos