Chanceleres que assistirão à assinatura da paz começam a chegar à Colômbia

Cartagena (Colômbia), 24 set (EFE).- Quatro dos 27 chanceleres que assistirão na segunda-feira à assinatura do acordo de paz entre o governo e as Farc, chegaram neste sábado a Cartagena onde será realizado o ato histórico, informou o Ministério das Relações Exteriores da Colômbia.

Entre os chanceleres que chegaram estão o de Cuba, Bruno Rodríguez, e o da Noruega, Borge Brende, países que atuaram como fiadores da negociação de paz que durante quase quatro anos aconteceu em Havana.

Rodríguez e Brende tiveram uma participação ativa ao longo da negociação, pois eram os encarregados de ler os anúncios relevantes feitos pelo governo e as Farc durante o processo que terminou com o acordo final que foi assinado no dia 24 de agosto em Cuba.

Também chegaram à capital do estado de Bolívar o ministro das Relações Exteriores e de Cooperação da Espanha, José Manuel García-Margallo, e seu colega do Paraguai, Eladio Loizaga.

Em Cartagena se reunirão 15 presidentes, 27 chanceleres e três ex-presidentes, assim como o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon e diretores dos principais organismos multilaterais do mundo.

O acordo de paz será assinado na segunda-feira pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e pelo chefe máximo das Farc, Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como "Timochenko", em um ato do qual participarão cerca de 2.500 convidados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos