Presidente da ANP comparecerá ao funeral de Shimon Peres

Jerusalém, 29 set (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, estará presente nesta sexta-feira no funeral do ex-presidente de Israel e Nobel da Paz Shimon Peres, informaram nesta quinta-feira à Agência Efe fontes militares israelenses.

"O gabinete do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, solicitou ao coordenador das Atividades do Governo nos Territórios (COGAT, sigla em inglês), o general Yoav Mordejai, participar do funeral de Shimon Peres amanhã, junto com uma delegação composta por quatro integrantes do alto escalão palestino", confirmou à Efe um porta-voz desse órgão militar.

A fonte detalhou que a permissão foi autorizada, por isso espera-se que Abbas tome parte nas exéquias do ex-mandatário israelense.

O jornal "The Jerusalem Post" detalhou que a delegação palestina será integrada pelo chefe de inteligência, Majid Faraj, pelo secretário-geral da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Saeb Erekat, e pelo ministro de Assuntos Civis, Hussein al Sheikh, algo que ainda não foi confirmado pela ANP.

Um responsável palestino que pediu o anonimato disse à Efe que esta noite o Conselho Revolucionário do movimento Fatah, que é liderado por Abbas, realizará uma reunião em Ramala e, depois dela, serão divulgados os detalhes sobre se o presidente viajará finalmente a Jerusalém e quem serão os membros da delegação que irá acompanhá-lo.

O escritório da presidência palestina, e outros integrantes do alto escalão da ANP foram consultados pela Efe, mas não quiseram confirmar a participação de Abbas no funeral de Shimon Peres.

O presidente da ANP enviou ontem um telegrama de condolências à família do ex-presidente israelense por sua morte, aos 93 anos, na madrugada da quarta-feira, informou a agência oficial palestina "Wafa".

Abbas expressou sua "tristeza e dor" pela morte de Peres em sua mensagem e destacou que o ex-presidente israelense foi "um parceiro na paz dos valentes que alcançou com o mártir e falecido presidente Yasser Arafat e o primeiro-ministro Rabin".

O líder da ANP destacou "seus esforços incessantes para conseguir uma paz duradoura desde os Acordos de Oslo e até o último momento de sua vida".

A relação entre Peres e Abbas é conhecida desde que ambos participaram de todo o processo de negociação que em 1993 conduziu à assinatura dos Acordos de Oslo, que supuseram o reconhecimento mútuo entre Israel e a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Nos últimos anos, os dois líderes políticos coincidiram em várias ocasiões, tanto em Roma, em uma inédita prece pela paz em 2014, como na Jordânia, um ano antes, a convite do monarca hachemita Abdullah II.

Dezenas de líderes mundiais devem chegar entre hoje e amanhã a Israel para comparecerem ao funeral de Estado de Peres, que acontecerá no cemitério do Monte Herzl, em Jerusalém, entre eles o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama e o presidente francês, François Hollande.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos