Tom Hanks diz que eleições nos EUA são "um festival de merda"

Em Roma

  • Andrew Medichin/ AP

    Tom Hanks disse que um candidato "tão cheio de ideias absurdas" disputa a Casa Branca neste ano

    Tom Hanks disse que um candidato "tão cheio de ideias absurdas" disputa a Casa Branca neste ano

O ator Tom Hanks rotulou nesta quinta-feira (13) de "festival de merda" as próximas eleições presidenciais nos Estados Unidos e garantiu que até agora ninguém com tantas "ideias absurdas" tinha concorrido, em alusão ao republicano Donald Trump.

"Não sei se posso dizer perante tantos jornalistas, mas as eleições nos Estados Unidos de 2016 são um festival de merda", afirmou o ator californiano durante um ato preparado para o Festival de Cinema de Roma, onde o ator será homenageado pela carreira.

Hanks afirmou que "cada a quatro anos vemos um país na encruzilhada onde há ânsia e temor pelo futuro", mas ressaltou que nunca como nesta ocasião se apresentou ao pleito um candidato "tão cheio de ideias absurdas".

O ator se referia, embora sem pronunciar seu nome, ao candidato do Partido Republicano, Donald Trump.

Para Hanks, "não há dúvida que o mundo se encontra hoje em uma fase delicada e perante um futuro incerto... Há gente que conserva sua posição social fomentando a ignorância. Sabemos que na história, quando prevaleceu a ignorância, ocorreram eventos desagradáveis".

O 11º Festival de Cinema de Roma premiará hoje a trajetória profissional de Tom Hanks, que ganhou uma seção dedicada à toda sua filmografia, composta por títulos como "Philadelphia" (1993), "Forrest Gump" (1994) ou "Náufrago" (2000).
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos