Governista Moreno vence eleições no Equador com 87,2% de urnas apuradas

(Atualiza resultados com avanço da apuração).

Quito, 20 fev (EFE).- O candidato governista à presidência do Equador, Lenín Moreno, contabiliza 39,09% dos votos com 87,2% da apuração concluída, o que indica que ele terá que disputar o segundo turno com o segundo candidato mais votado.

De acordo com os resultados parciais divulgados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) nesta segunda-feira, Moreno lidera a disputa e é seguido pelo candidato de centro-direita Guillermo Lasso, que soma 28,28% dos votos.

Em terceiro aparece a social-cristã Cynthia Viteri, com 16,36%; seguida por Paco Moncayo (6,76%); Abdullah "Dalo" Bucaram (4,79%), Ivan Espinel (3,2%), Washington Pesántez (0,76%) e Patrício Zuquilanda (0,76%).

Mais de 12 milhões de equatorianos foram convocados às urnas no domingo para escolher o novo presidente do país, 137 integrantes da Assembleia Nacional, cinco representantes do Parlamento Andino e para se manifestarem em uma consulta popular sobre a iniciativa do governo de proibir que ocupantes de cargos públicos tenham bens em paraísos fiscais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos