Colégios eleitorais abrem para pleito legislativo na Albânia

Tirana, 25 jun (EFE).- Os 5.362 colégios eleitorais na Albânia abriram neste domingo suas portas, às 7h (horário local, 2h em Brasília), para eleições legislativas nas quais 3,4 milhões de cidadãos devem escolher o Parlamento, do qual surgirá o governo que comandará o país durante os próximos quatro anos.

Dezoito partidos competem nestas eleições, realizadas através de um complicado sistema eleitoral proporcional regional.

O primeiro-ministro, Edi Rama, do Partido Socialista (PS), aspira a renovar seu mandato para comandar o novo governo, consolidar as reformas iniciadas e transformar a administração pública.

Seu principal rival é Lulzim Basha, líder do conservador Partido Democrático (PD), e, da mesma forma que Rama, ex-prefeita de Tirana. Basha prometeu reduzir os impostos e impulsionar o desenvolvimento econômico.

Ambos querem ganhar a maioria das 140 cadeiras em disputa para poder governar sozinho sem a ajuda do Movimento Socialista para a Integração (LSI) do presidente eleito Ilir Meta, partido que em legislaturas anteriores serviu como legenda que desempatou os resultados.

Alguns institutos privados anunciaram que publicarão as suas primeiras projeções de votos após o fechamento das urnas às 19h (14h em Brasília), enquanto que a Comissão Central Eleitoral anunciou que comunicará os resultados oficiais provisórios nos próximos dias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos