Nobel da Paz chinês Liu Xiaobo é libertado por razões médicas

Pequim, 26 jun (EFE).- O dissidente chinês e prêmio Nobel da Paz Liu Xiaobo foi libertado por razões médicas após ter sido diagnosticado com câncer de fígado terminal, segundo confirmou hoje em declarações à Agência EFE o ativista e amigo da família Hu Jia.

Liu está atualmente internado em um hospital de Shenyang, na província de Liaoning, acrescentou Hu em entrevista por telefone.

Liu é um dos dissidentes chineses mais conhecidos e foi premiado com o Nobel da Paz em 2010, após ser condenado no ano anterior a 11 anos de prisão por "incitar à subversão do poder do Estado ".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos