No Brasil, milhares de venezuelanos votam em plebiscito sobre Constituinte

Em Brasília

  • Paulo Whitaker/Reuters

    16.jul.2017 - Venezuelanos esperam para votar no plebiscito da oposição contra o governo de Nicolás Maduro, em São Paulo

    16.jul.2017 - Venezuelanos esperam para votar no plebiscito da oposição contra o governo de Nicolás Maduro, em São Paulo

Milhares de venezuelanos votaram neste domingo em cidades brasileiras na consulta popular promovida pela oposição para manifestar rejeição à Assembleia Constituinte proposta pelo governo de Nicolás Maduro.

A maior participação foi em Roraima, onde cerca de 30 mil venezuelanos chegaram nos últimos meses, depois de abandonar seu país por conta da grave crise econômica e da severa escassez de produtos básicos. Conforme dados oficiais, a quantidade de pedido de refúgio apresentado por cidadãos venezuelanos disparou e nos primeiros seis meses deste ano chegou a quase 6 mil, frente aos 3.375 registrados ao longo de todo o ano passado.

Em Roraima, as mesas para a consulta foram instaladas principalmente em Boa Vista, onde organizações de assistência têm diversos programas de ajuda aos venezuelanos.

Também foram habilitados locais de votação em Brasília, Curitiba, Goiânia, Manaus, Porto Alegre, Recife, Belém, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em Brasília, o local escolhido para os venezuelanos manifestaram sua opinião à Assembleia Constituinte foi o Parque da Cidade, onde os opositores de Maduro também receberam o apoio de brasileiros. Já no Rio, a votação aconteceu na Lagoa Rodrigo de Freitas.

O plebiscito da oposição acontece sem a aprovação da Justiça Eleitoral e quer saber a opinião dos venezuelanos sobre a Constituição promovida pelo presidente Nicolás Maduro. A consulta foi apoiada por comunidades de venezuelanos no exterior, que para hoje anunciaram mobilizações em quase 80 países.

Este processo acontece paralelamente a uma simulação eleitoral convocada pela CNE como teste para a Constituinte marcada para o próximo dia 30.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos