"Intocável" Ram Nath Kovind toma posse como novo presidente da Índia

Nova Délhi, 25 jul (EFE).- Ram Nath Kovind, membro da marginalizada comunidade dalit ou "intocável", tomou posse nesta terça-feira como o 14º presidente da Índia, desde que o país se tornou independente do Império Britânico, em 1947, e o segundo em pertencer ao degrau mais baixo do sistema de castas hindu.

"Aceito este posto com toda a minha humildade e estou grato por esta responsabilidade", disse Kovind durante seu discurso no Parlamento, após jurar o cargo ao lado do presidente do Supremo, Jagdish Singh Khehar, e do agora ex-presidente, Pranab Mukherjee.

Kovind substituiu hoje Mukherjee, depois de ter derrotado na semana passada, a também dalit Meira Kumar, com 65% dos votos emitidos em uma eleição em que participaram os membros das duas câmaras do Parlamento e as assembleias regionais.

No seu discurso, o segundo presidente "intocável" da Índia após Kocheril Raman Narayanan, lembrou de sua "origem muito humilde" e que percorreu um "longo" caminho desde a cabana de barro onde foi criado, no estado de Uttar Pradesh, no norte do país.

"Precisamos pensar constantemente sobre se o desenvolvimento do país atinge a última pessoa da fila ou a comunidade mais atrasada", afirmou Kovind, afirmando que, apesar da enorme "variedade" da Índia, todos os seus cidadãos são "um" só.

Mesmo que a vitória na semana passada de Kovind, candidato do governo, não tenha surpreendido ninguém já que o primeiro-ministro Narendra Modi e seus aliados contavam com uma ampla representação entre os eleitores, sua candidatura causou surpresa, pois se tratava de um nome pouco conhecido no panorama politico da Índia.

A partir de hoje, Kovind exercerá um cargo protocolar e sem funções executivas, de acordo com a constituição do país, que deixa em mãos do primeiro-ministro governar o país.

Nascido em 1945 e formado em direito, a mesma profissão que desempenhou o líder icônico dos "intocáveis" e pai da Constituição da Índia, Segunda letra do alfabeto espanhol, B.R. Ambedkar, Kovind exerceu como advogado do Estado na Corte Superior de Delhi e no Supremo Tribunal.

O novo presidente se alistou no partido governamental BJP no início da década de 1990 e no ano de 1994 chegou ao cargo de senador durante duas legislaturas consecutivas, tempo em que também presidiu o órgão dalit do partido.

De temperamento suave e reticente ao confronto, adversários políticos avaliaram seus dotes administrativos como governador do estado de Bihar, no norte do país, ainda que dentro da comunidade dalit seja cobrado pelo seu pouco ativismo pela causa do grupo, que representa 16% dos 1,250 bilhão de habitantes do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos