Ministro de Desenvolvimento Social da Guatemala renuncia ao cargo

Guatemala, 28 jul (EFE).- O ministro de Desenvolvimento Social (Mides) da Guatemala, José Moreno, responsável pelos programas sociais do governo de Jimmy Morales, renunciou ao cargo nesta sexta-feira alegando assuntos pessoais.

Moreno anunciou sua decisão em uma entrevista coletiva, na qual esclareceu que sua renúncia "é voluntária" e que não se deve a pressões pela baixa execução (13%) dos recursos destinados a levar assistência à população mais pobre do país.

No cargo desde janeiro de 20163, Moreno deixará o Mides em definitivo no próximo 31 de julho.

O ministro explicou que a baixa execução dos programas sociais se deve aos "cadeados" impostos pelos deputados à Lei de Orçamento de 2017, que estabelece que antes de entregar a assistência deve ser realizado um censo para conhecer o número de famílias que serão beneficiadas.

"Acredito que os deputados não dimensionaram em sua totalidade o dano que estavam causando aos nossos beneficiários", disse Moreno.

Por sua vez, o vice-presidente da Guatemala, Jafeth Cabrera, manifestou que a saída de Moreno do Mides "não afetará a execução do programa social".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos