PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Maduro diz que conquista de Trump na ONU foi isolar os EUA do mundo

26/09/2017 01h29

Caracas, 25 set (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse na segunda-feira que a conquista "mais notável" do presidente americano, Donald Trump, na Assembleia Geral da ONU foi isolar os Estados Unidos do mundo.

"Donald Trump isolou os Estados Unidos do mundo, é sua conquista mais notável nas 72 sessões da Assembleia Geral das Nações Unidas. O êxito de Donald Trump é o auto-isolamento dos EUA", disse em transmissão pela emissora estatal "VTV".

De acordo com Maduro, Trump não recebeu o apoio "de um único governo" para "suas ameaças" contra a Venezuela e disse que por outro lado, seu país conseguiu o apoio de "120 nações do Movimento dos Países Não Alinhados", além da solidariedade dos movimentos sociais.

"Os povos e governos do mundo estão indignados com a descortesia do presidente dos EUA contra a Venezuela da paz, a Venezuela da dignidade", acrescentou.

Além disso, agradeceu a Trump por nomeá-lo na ONU pois, na sua opinião "ficará para a história" que "houve um Nicolás Maduro que se opôs ferreamente ao domínio do imperialismo ianque".

A ONU encerrou nesta segunda-feira os debates da Assembleia Geral, em uma edição onde Trump falou, entre outros temas, sobre a situação na Venezuela.

Durante seu discurso na última terça-feira, Donald Trump afirmou que a Venezuela está "à beira do colapso total", e disse que seu país está pronto para adotar novas medidas se o presidente Nicolás Maduro insistir em "impor um regime autoritário".

Internacional