Puigdemont pede a Rajoy que negocie com "legítimo governo" da Catalunha

Barcelona (Espanha), 30 dez (EFE).- O ex-presidente do governo catalão Carles Puigdemont exigiu neste sábado ao chefe do Executivo espanhol, Mariano Rajoy, que "comece a negociar politicamente com o governo legítimo da Catalunha".

Puigdemont publicou em suas contas nas redes sociais um discurso aos cidadãos da Catalunha por conta do Fim de Ano, divulgado desde a Bélgica, diante de uma bandeira catalã e outra da União Europeia (UE).

Em seu discurso, Puigdemont não deu pistas sobre as negociações para a formação de um governo de coalizão de perfil nacionalista na Catalunha após as eleições regionais do último dia 21 e nem sobre se prevê voltar à Catalunha.

"As urnas falaram, a democracia falou, todo o mundo se expressou. O que espera o presidente Rajoy para aceitar os resultados?", perguntou o candidato da Juntos pela Catalunha (JxCat).

As eleições regionais na Catalunha foram vencidas pelos liberais dos Ciudadanos, um partido defensor da Constituição e da unidade da Espanha, mas as formações separatistas - JxCat, ERC e CUP - somam 70 cadeiras, duas a mais que a maioria absoluta no Parlamento regional.

Puigdemont avaliou positivamente que as eleições tiveram uma participação recorde de quase 82% e rotulou de "vergonha" para um país da União Europeia (UE) que o ex-vice-presidente Oriol Junqueras e outros líderes separatistas continuem presos "por suas ideias políticas".

Os independentistas dialogam sobre como controlar as instituições autônomas, mas ainda não há um candidato claro à presidência, já que Puigdemont não deixou claro se voltará de Bruxelas para uma eventual posse e Junqueras está preso preventivamente.

Puigdemont está na Bélgica desde 30 de outubro junto a quatro ex-conselheiros de seu governo para evitar comparecer perante a Justiça espanhola, que ditou contra si uma ordem de detenção por supostos crimes de rebeldia, insurreição e desvio de fundos por causa da declaração unilateral de independência da Catalunha no dia 10 desse mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos