Trump declara fim da "era de submissão" dos EUA em acordos comerciais

Washington, 30 JAN (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira que chegou ao fim a era na qual os americanos ficavam "submetidos" economicamente a outros países e disse que trabalhará para corrigir acordos comercias ruins.

"A era de submissão econômica acabou totalmente", disse Trump em seu primeiro discurso sobre o Estado da União no Congresso.

O presidente aproveitou a oportunidade para celebrar o bom momento da economia e para destacar a reforma fiscal proposta pela Casa Branca para afirmar que o país está vivendo um "novo momento americano". Para ele, lado a lado, os cidadãos dos EUA podem tudo.

"Esse é o nosso novo momento americano. Nunca houve um melhor momento para começar a viver o sonho americano", disse Trump.

"Para cada cidadão que esteja vendo isso em casa. Essa noite, sem importar onde você está ou de onde você vem, esse é o seu momento. Se você trabalha duro, acredita em si mesmo, se acredita nos EUA, então pode conquistar qualquer coisa", ressaltou o presidente.

Trump também destacou números obtidos pela economia em seu primeiro ano como presidente, citando o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) próximo a 3% e a queda do desemprego, de 4,1%, o índice mais baixo em 18 anos.

Em dezembro, o presidente conseguiu que o Congresso aprovasse sua ambiciosa reforma fiscal, considerada como o grande triunfo legislativo de seu primeiro ano de mandato.

A reforma inclui, entre outros aspectos, um importante corte nos impostos cobrados das empresas - de 35% para 21% - e uma redução em menor medida para os trabalhadores americanos.

"Recortamos os impostos para as empresas de 35% para 21%. Agora, as empresas americanas poderão competir e vencer qualquer outra do mundo. Se estima que essas mudanças aumentarão os investimentos delas (no país) em mais de US$ 4 trilhões", disse Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos