Trump pede que Congresso deixe diferenças de lado e busque unidade

Washington, 30 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu nesta terça-feira aos democratas e aos republicanos do Congresso que deixem as diferenças de lado e que trabalhem unidos para servir ao americano.

"Nesta noite faço um pedido a todos para que deixemos de lado nossas diferenças e busquemos a unidade para atender às pessoas que nos elegeram", disse Trump em seu primeiro discurso sobre o Estado da União.

Com essas palavras, Trump deixou de lado a retórica mais firme em relação aos democratas e cumpriu com a tradição de convocar o Congresso a trabalhar junto à Casa Branca.

"Nesta noite quero falar sobre o futuro que vamos ter, de que tipo de nação vamos ver. Todos juntos, como uma equipe, como um povo, como uma família americana", destacou o presidente.

"Todos compartilhamos a mesma casa, o mesmo coração, o mesmo destino, a mesma bandeira americana", continuou Trump.

No entanto, o presidente não esqueceu de sua base eleitoral e, em um afago aos conservadores evangélicos dos EUA, ressaltou que a fé e a família são o centro da vida americana.

"Nos EUA, sabemos que a fé e a família, não o governo e a burocracia, são o centro da vida americana. Nosso lema é: 'confiamos em Deus", disse Trump durante o discurso.

Desde que chegou ao poder há mais de um ano, Trump adotou diferentes medidas para atender aos anseios da direita cristã, como nomear um juiz conservador para a Suprema Corte e modificar uma importante cláusula sobre anticoncepcionais na lei de saúde de seu antecessor, Barack Obama, conhecida como "Obamacare".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos