PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Brasileiros que vivem no Chile vão a Consulado-Geral para votar em 2º turno

28/10/2018 10h58

Santiago, 28 out (EFE).- Brasileiros que moram no Chile começaram a chegar ao Consulado-Geral na capital Santiago às 8h locais (e de Brasília) para votar no segundo turno das eleições presidenciais.

Pouco mais de 2,6 mil brasileiros estão aptos a votar no país entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), e a fila que se formou quando as urnas foram abertas era maior que a do mesmo horário no primeiro turno, no último dia 7. Naquela ocasião, 1.491 brasileiros participaram da votação na capital chilena.

Bolsonaro foi o candidato mais votado no Chile no primeiro turno, com 51% dos votos, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 16%, e Haddad, que recebeu 10%.

Internacional