PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Parlamento britânico descarta Brexit sem acordo com a União Europeia

13/03/2019 17h23

Londres, 13 mar (EFE).- O Parlamento do Reino Unido descartou nesta quarta-feira, por 312 votos a favor e 308 contra, sair da União Europeia (UE) sem acordo com o bloco a "qualquer momento e sob qualquer circunstância".

A Câmara dos Comuns respaldou uma emenda não vinculativa que exclui a possibilidade de o país sair sem acordo do bloco comunitário não apenas em 29 de março, como estipulado, mas a qualquer momento.

Esta emenda, que foi apresentada pela conservadora Caroline Spelman, amenizou o texto da moção governamental que defendia descartar uma saída não negociada dentro de 16 dias, somente.

Os parlamentares rejeitaram hoje outra iniciativa, por 374 votos contra e 164 a favor, defendida pelo também conservador Damian Green, que pedia um adiamento da ruptura até 22 de maio, para que o país se prepare para uma saída não negociada.

Esta última emenda, conhecida como o compromisso Malthouse, indicava ainda que o governo deveria criar uma espécie de período de transição que duraria até dezembro de 2021.

O resultado das votações de ontem e de hoje deixam como última alternativa possível uma prorrogação do Brexit, que os deputados votarão amanhã.

Se os parlamentares apoiarem ampliar o prazo do Artigo 50 do Tratado de Lisboa, em virtude do qual o país deveria deixar a UE em duas semanas, então o governo britânico deverá perguntar à UE se aprova essa extensão. Os 27 países do bloco devem, de forma unânime, respaldar essa prorrogação do prazo para que possa se concretizar. EFE

Internacional