Topo

Angela Merkel é vista tremendo em público pela segunda vez em menos de duas semanas

27/06/2019 05h59

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, voltou a sofrer na manhã de hoje com um visível tremor nas mãos e pernas durante o ato realizado no Palácio de Bellevue, em Berlim.

Merkel estava na sede da presidência do país para participar da cerimônia de cessação com o chefe de Estado, Frank-Walter Steinmeier, da ex-ministra da Justiça, Katarina Barley, que está partindo para Bruxelas, e a nomeação de sua sucessora, Christine Lambrecht.

Nas imagens transmitidas pelas emissoras alemãs, aparece a chanceler, que completa 65 anos no próximo dia 17 de julho, tentando conter os tremores e pouco depois rejeitando um copo oferecido por um assistente.

Na semana passada, Merkel tentou minimizar as especulações sobre seu estado de saúde após um episódio semelhante ao desta manhã, quando ela foi vista tentando controlar um tremor de mãos e pernas enquanto recebia o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski.

As imagens da chanceler sob o sol, com sinais de fraqueza física e segurando repetidamente as mãos para tentar acalmar o tremor, durante aproximadamente meio minuto e enquanto soava o hino alemão, se transformaram rapidamente em objeto de comentários nos veículos de imprensa germânicos.

"Estou bem. Bebi, pelo menos, três copos de água. Agora me sinto bem de novo", disse a chanceler na ocasião, atribuindo o tremor a um suposto problema de desidratação.

Ao contrário do ato com o presidente ucraniano, que aconteceu ao ar livre, no pátio da Chancelaria, a cerimônia de hoje foi realizada dentro do Palácio de Bellevue.

A Alemanha enfrenta nas últimas duas semanas uma onda de calor com temperaturas, que chegaram ontem, a quase 39 graus em alguns pontos do país, embora o tempo promete para hoje e amanhã uma pequena trégua até o fim de semana.

Mais Internacional