PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Rússia volta a registrar recorde no número de casos do novo coronavírus

12.mai.2020 - Jovens andando nas ruas de Moscou, na Rússia, durante pandemia - Valery Sharifulin / TASS
12.mai.2020 - Jovens andando nas ruas de Moscou, na Rússia, durante pandemia Imagem: Valery Sharifulin / TASS

23/10/2020 16h27

Moscou, 23 out (EFE).- A Rússia registrou hoje mais 17.340 casos de infecção pelo novo coronavírus, o que representa mais um recorde no contágio diário desde o início da pandemia da Covid-19, segundo as autoridades locais de saúde.

Além disso, nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 283 mortes por consequência da doença, elevando o total para 25.525.

Moscou segue sendo o maior foco de infecção no território, de acordo com o balanço apresentado hoje. Ao todo, foram mais 5.478 casos registrados e 62 falecimentos notificados.

A prefeitura da cidade já ordenou que empresas e repartições públicas adotem o regime de trabalho remoto para 30% dos funcionários, quando não se afeta o funcionamento, e recomendou que maiores de 65 anos e doentes crônicos fiquem em casa.

Por enquanto, as autoridades do país descartam a possibilidade de adotar medidas mais rígidas, como o toque de recolher noturno ou o confinamento, que já estão em vigor em outros países europeus com alta de propagação do novo coronavírus.

Com um total de 1.480.646 de casos de infecção, a Rússia é o quarto país do mundo mais afetado pela pandemia, ficando atrás apenas de Estados Unidos, Índia e Brasil.

Coronavírus