Prêmio da loteria Powerball dos EUA atinge recorde de US$ 900 mi

Alex Dobuzinskis

  • Eugene Garcia/EFE

    Moradores de Hawthorne, na Califórnia (EUA), fazem fila para apostar na loteria Powerball

    Moradores de Hawthorne, na Califórnia (EUA), fazem fila para apostar na loteria Powerball

Milhões de norte-americanos aguardam ansiosamente o anúncio da noite deste sábado para saber quem irá levar a bolada recorde de US$ 900 milhões , que pode chegar a US$ 1 bilhão, da loteria multiestado Powerball.

A bolada da Powerball, que corre em 44 Estados, além de Washington e outros dois territórios norte-americanos, vale US$ 558 milhões caso o vencedor escolha o pagamento imediato em dinheiro, em vez de um pagamento anual ao longo de 29 anos, segundo comunicado emitido pela loteria da Califórnia.

O prêmio aparece como o maior já concedido em uma loteria na história norte-americana.

Neste sábado, as caixas registradoras do Estado de Nova York estavam a todo vapor, vendendo os bilhetes da Powerball a um ritmo de US$ 1,7 milhão por hora, de acordo com funcionários.

Os compradores dos bilhetes se mostram muito entusiasmados, apesar das chances remotíssimas de se ganhar o prêmio, segundo os estatísticos: uma em 292 milhões.

Por meio de um e-mail, o professor de bioestatística na Universidade de Buffalo Jeffrey Miecznikowski disse que um norte-americano 25 vezes mais chances de se tornar o próximo presidente dos Estados Unidos do que ganhar a Powerball.

Ou dito de outra maneira: as chances são as mesmas que jogar uma moeda 28 vezes e dar cara em todas elas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos