Entrevista com Sean Penn ajudou prisão de chefe do tráfico mexicano "Chapo"

Por Lizbeth Diaz e Simon Gardner

Da Cidade do México

  • Reprodução/Twitter.com/RollingStone

Uma entrevista conduzida pela estrela de Hollywood Sean Penn com o mexicano Joaquin "Chapo" Guzmán no fim do ano passado ajudou o governo do México a prender o magnata das drogas mais procurado do mundo, disseram fontes neste sábado.

Guzmán, o líder do cartel Sinaloa, foi preso no noroeste do México na manhã de sexta-feira e enviado de volta à prisão da qual escapou em julho por meio de um túnel quilométrico a partir de sua cela.

Autoridades mexicanas ficaram cientes do encontro entre Penn, uma atriz mexicana e Guzmán em outubro e monitoraram os movimentos de Penn, ajudando a levá-los ao rancho onde estava Chapo, disseram duas fontes de alto escalão do governo.

Guzmán escapou por pouco sob uma chuva de tiros, mas a ofensiva, no estado de Durango, no norte do México, foi um importante marco na caçada.

Em artigo publicado na revista Rolling Stone no sábado, Penn disse que Guzmán ficou interessado em fazer um filme sobre sua vida quando foi inundado por pedidos de estúdios norte-americanos após sua captura em 2014.

A informação confirma declarações feitas pela advogada-geral mexicana, Arely Gomez, que disse na sexta-feira que as aspirações cinematográficas do traficante ajudaram a derrubá-lo.

A entrevista foi organizada pela atriz mexicana Kate Del astillo, que inclusive atuou como uma rainha das drogas mexicana em uma conhecida novela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos