Grupo ligado à Al Qaeda reivindica autoria de ataque a hotel em Burkina Fasso

Makini Brice

Em Dacar

  • Reprodução/AP

    Cena de ataque terrorista a hotel em Uagadugu, Burkina Fasso

    Cena de ataque terrorista a hotel em Uagadugu, Burkina Fasso

A AQIM (Al Qaeda no Maghreb Islâmico) reivindicou nesta sexta-feira (15) a responsabilidade por um ataque que está em andamento em um hotel na capital de Burkina Fasso, Uagadugu, disse o grupo de inteligência Site.

Um membro de alto escalão do grupo linha-dura pediu em dezembro que os muçulmanos em vários países, incluindo Burkina Fasso, promovam a jihad (guerra santa).

A AQIM, ao lado de outros dois grupos, também reivindicou a responsabilidade pela morte de 20 pessoas e pela tomada de reféns na capital do Mali, em novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos