México e países da América Central aprovam plano para transportar cubanos

Enrique Pretel

Em San José (Costa Rica)

  • Meridith Kohut/The New York Times

    12.jan.2016 - Imigrantes cubanos em abrigo na Costa Rica tentando chegar aos EUA

    12.jan.2016 - Imigrantes cubanos em abrigo na Costa Rica tentando chegar aos EUA

O México e países da América Central aprovaram um plano para realizar mais voos que possam permitir a milhares de cubanos que estão na Costa Rica seguir viagem até os Estados Unidos.

Durante o encontro entre os governos da região, na Guatemala, na quarta-feira (20), foi considerada um "sucesso" a primeira viagem teste feita na semana passada, quando 180 cubanos voaram para El Salvador e de lá pegaram um ônibus para o México, onde receberam vistos de trânsito para seguirem até a fronteira com os EUA.

"Isso nos permite passar para a segunda fase, com dois voos semanais por meio da mesma rota", disse Manuel González, ministro das Relações Exteriores da Costa Rica.

As autoridades, que não especificaram quantas pessoas embarcariam em cada voo, planejam dar prioridade a mulheres grávidas, crianças e famílias entre os 7.800 mil cubanos que se encontram na Costa Rica desde meados de novembro, quando a Nicarágua fechou sua fronteira.

Milhares de cubanos têm se direcionado a países da América Central como via de acesso para tentar alcançar os EUA, motivados por temores de que a recente distensão nas relações entre Havana e Washington leve ao fim dos privilégios para cubanos que buscam asilo nos EUA, que permitem a eles entrarem no país por terra sem visto. Os que tentam entrar pelo mar são deportados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos