BT conclui aquisição de EE e deixa braço de telefonia fixa como obstáculo final

LONDON (Reuters) - O BT Group concluiu a aquisição da maior operadora de redes móveis britânica, EE, nesta sexta-feira, abrindo caminho para criar uma única rede integrada ao oferecer uma combinação de serviços de telecomunicações e TV que competidores têm dificuldades em igualar.

Reguladores autorizaram o acordo, apontando que a pequena sobreposição entre as linhas fixas da BT e a rede móvel da EE significam pouco risco à competição.

Mas o antigo monopólio de redes nacional ainda enfrenta mais um obstáculo antes que possa realizar seu plano de operar uma única rede, "que seja capaz de atender clientes sem distinção entre a rede fixa e móvel".

O regulador do setor Ofcom está atualmente avaliando se força a BT a cindir seu braço de linhas fixas Openreach depois de rivais que contam com a rede como clientes de atacado terem dito que a BT estava prejudicando a competição e o investimento ao conectar todo o país à banda larga de alta velocidade.

A BT, que diz que conseguiria o oposto, deve comentar sobre seus planos para a EE ao divulgar resultados na segunda-feira.

(Por Paul Sandle)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos