Confederação Africana de Futebol anuncia apoio a Salman para presidente da Fifa

KIGALI (Reuters) - O xeique do Bahrein Salman Bin Ebrahim Al Khalifa ganhou um grande impulso em sua tentativa de se tornar o próximo presidente da Fifa, nesta sexta-feira, quando recebeu o endosso da Confederação Africana de Futebol (CAF).

Salman e o suíço Gianni Infantino são agora os principais candidatos a ganhar a eleição presidencial deste mês para comadar a Fifa, que está envolvida em um enorme escândalo de corrupção, com 41 pessoas e entidades acusadas pelo Departamento de Justiça dos EUA.

O órgão que comanda o futebol na África, que tem 54 membros plenos na votação, disse que o presidente da Confederação Asiática de Futebol Salman é seu candidato preferido para a votação em Zurique, em 26 de fevereiro, que vai determinar quem vai suceder o suíço Joseph Blatter.

"A CAF dará total apoio a Salman Bin Ebrahim Al Khalifa para sua candidatura à presidência da Fifa", disse o vice-presidente Suketu Patel a repórteres.

A decisão foi um grande golpe para o candidato sul-africano Tokyo Sexwale, que permanecerá na corrida, apesar de estar sob pressão para deixar a disputa.

(Por Clement Uwiringiyimana)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos