Tonga declara surto de zika após confirmação de cinco casos

Em Sydney

A pequena Tonga, localizada no sul do oceano Pacífico, declarou um surto de zika vírus após a confirmação de cinco casos da doença e de outros 250 casos suspeitos, informou a principal autoridade médica do país nesta sexta-feira (5).

O doutor Reynold Ofanoa disse que as autoridades passaram a suspeitar de uma epidemia em razão de um aumento acentuado no número de pacientes com febre alta e erupções cutâneas desde o início deste ano.

"Estávamos suspeitando de um provável surto de zika, dengue ou chikungunya", declarou ele à Reuters, referindo-se a dois outros vírus transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti. "Por isso enviamos as amostras de sangue para testes no exterior, e quando obtivemos os resultados eles mostraram que temos casos confirmados de exames de sangue positivos para zika."

O arquipélago tropical jamais havia tido casos de zika vírus, disse Ofanoa, o que torna provável que ele tenha sido levado ao país por uma pessoa infectada e depois disseminado por mosquitos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o zika uma emergência de saúde pública mundial nesta semana, afirmando "suspeitar fortemente" de uma ligação entre a presença do vírus em gestantes e a má-formação craniana conhecida como microcefalia. (Por Matt Siegel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos