Conselho de Segurança da ONU condena lançamento da Coreia do Norte

Por Louis Charbonneau

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas condenou veementemente neste domingo o mais recente lançamento de foguete da Coreia do Norte e prometeu tomar medidas punitivas, ao passo que Washington busca garantir que o órgão de 15 países imponha "sérias consequências" contra Pyongyang assim que possível.

"Os membros no Conselho de Segurança condenaram este lançamento", disse a repórteres o embaixador venezuelano Dario Ramirez Carreno, presidente do conselho este mês. Ele disse que o lançamento era "uma séria violação às resoluções do Conselho de Segurança".

O diplomata acrescentou que a entidade "reafirmou sua intenção de desenvolver medidas significativas em uma nova resolução do Conselho de Segurança em resposta ao teste nuclear" em janeiro, assim como ao lançamento do foguete neste domingo.

Junto a seus colegas japonês e sul-coreano, a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Samantha Power, disse a repórteres: "Nós vamos garantir que o Conselho de Segurança imponha sérias consequências. As mais recentes transgressões da Coreia do Norte exigem que nossa resposta seja ainda mais firme".

A Coreia do Norte está sob sanções da ONU desde seu primeiro teste nuclear, em 2006. Desde então, o país conduziu mais três testes atômicos, incluindo um no mês passado, com numerosos lançamentos de mísseis balísticos.

As sanções restringem o trabalho do país em armas nucleares e mísseis balísticos, colocam diversos indivíduos e entidades em uma lista negra e barram a liderança norte-coreana de importar bens de luxo.

Os EUA e a China começaram a discutir uma resolução para expandir as existentes sanções após o teste atômico conduzido por Pyongyang em 6 de janeiro. Power disse esperar que o conselho tenha uma resolução para ser votada "assim que possível".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos