França restringe doação de sangue por causa do Zika vírus

PARIS (Reuters) - Viajantes voltando de regiões com surto do Zika vírus terão que esperar pelo menos 28 dias antes de doar sangue, para evitar risco de transmissão, afirmou a ministra da Saúde francesa, Marisol Touraine, neste domingo.

O vírus, que está se espalhando rapidamente pelas Américas e cujo surto foi declarado uma emergência de saúde global pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é transmitido principalmente através da picada de um mosquito, com outras possíveis formas de transmissão ainda sendo estudadas.

"Quem vem de uma região infectada por Zika vírus não pode doar sangue durante 28 dias," disse Touraine em entrevista à rádio Europe 1, ao canal de notícias iTele e ao jornal Le Monde.

Ela também aconselhou as mulheres grávidas a informar às autoridades se viajarem para alguma das regiões afetadas.

O Zika vírus tem sido relatado em mais de 30 países desde que apareceu pela primeira vez nas Américas, no ano passado, onde tem sido associado a milhares de casos de bebês que nasceram com microcefalia, má-formação que faz com que os cérebros das crianças sejam anormalmente pequenos.

(Por Sybille de La Hamaide e Myriam Rivet)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos