Trump e Sanders buscam vitória nas primárias de New Hampshire

MANCHESTER (Reuters) - Pré-candidatos insurgentes da corrida presidencial dos Estados Unidos em 2016, o bilionário republicano Donald Trump e o socialista democrata Bernie Sanders pareciam ter chances de vencer as eleições primárias de New Hampshire nesta terça-feira, derrotando seus maiores rivais.

Em um ano eleitoral em que os americanos parecem estar irritados com os políticos tradicionais, ambos estavam na liderança frente aos oponentes em New Hampshire, o segundo Estado no processo de indicação dos partidos para a eleição de 8 de novembro, que escolherá o substituto do presidente Barack Obama.

Para os outros pré-candidatos republicanos, seria uma disputa pelo segundo lugar no Estado, atrás de Trump.

Depois de um bom terceiro lugar nas prévias da semana passada em Iowa, o primeiro Estado a realizar a disputa pela nomeação, Marco Rubio precisa de outro resultado positivo em New Hampshire para reforçar seu argumento de que ele é o nome em torno do qual as lideranças do partido e os grandes doadores devem se reunir.

O desempenho de Rubio no debate de sábado à noite foi amplamente ridicularizado por republicanos e democratas e nas redes sociais, mas um resultado robusto em New Hampshire pode ajudar a ofuscar a ideia de que o estrago é duradouro.

Uma pesquisa WMUR-CNN mostrou, na segunda-feira, Trump na frente em New Hampshire, com o apoio de 31 por cento dos que planejam votar nas primárias republicanos. Rubio, senador pela Flórida, ficou em segundo lugar, com 17 por cento, seguido por Ted Cruz, senador conservador pelo Texas, com 14 por cento, e pelo governador de Ohio, John Kasich, com 10 por cento, com uma margem de erro de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Jeb Bush, ex-governador da Flórida e ex-executivo de tecnologia da Carly Fiorina, ficou na casa de um dígito.

Pelo lado democrata, Sanders estava à frente da ex-secretária de estado Clinton. Ele discordou da ideia de Clinton de que ele tem vantagem sobre ela simplesmente por ser um senador do Estado vizinho de Vermont.

Clinton, que bateu Sanders por apenas uma fração de um ponto percentual em Iowa, tem procurado minimizar as expectativas sobre o seu desempenho em New Hampshire.

(Por James Oliphant)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos