Espanha prende 4 suspeitos de ligação com Estado Islâmico

MADRID (Reuters) - As polícias da Espanha e do Marrocos prenderam quatros pessoas acusadas de recrutar possíveis militantes para combater na Síria e no Iraque ou para realizar ataques na Espanha e no Marrocos, informou o Ministério do Interior nesta terça-feira.

Três espanhóis foram detidos no enclave espanhol de Ceuta, no norte da África, e um marroquino foi detido em Nador, no Marrocos, como parte de uma operação conjunta realizada entre os dois países, de acordo com o ministério.

Incluindo as prisões desta terça-feira, a Espanha prendeu 12 suspeitos de ligação com o Estado Islâmico neste ano até o momento. Em 2015, a Espanha prendeu 102 pessoas acusadas de ligações com o grupo militante, mais do dobro do que no ano anterior, à medida que a polícia ampliou as ações de segurança após os ataques em Paris.

(Reportagem de Paul Day)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos