Premiê da China diz que G20 tem que melhorar coordenação

XANGAI (Reuters) - O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, afirmou nesta sexta-feira que as principais economias devem estar cientes dos efeitos de suas políticas econômicas, melhorar a coordenação e permanecerem unidas para "superar as dificuldades".

Li, em mensagem por vídeo na sessão de abertura da reunião do G20, afirmou que, embora o crescimento econômico esteja desacelerando, a China está confiante de que conseguirá lidar com a complexa situação doméstica e externa.

Ele afirmou que não há base para contínua depreciação do iuan, e que a China vai expandir a demanda agregada como apropriado e focar em reformas estruturais do lado da oferta.

(Reportagem de Brenda Goh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos