Republic Airways pede recuperação judicial nos EUA; ações da Embraer caem

CHICAGO (Reuters) - A companhia aérea regional norte-americana Republic Airways, importante cliente da fabricante brasileira de jatos Embraer, entrou com pedido de recuperação judicial na quinta-feira.

A Republic citou diversos trimestres de queda na receita após ter tido que manter aeronaves paradas em meio à falta de pilotos.

A empresa de voos regionais que complementa as malhas da American Airlines, Delta Air Lines e United Continental listou ativos de 3,6 bilhões de dólares e passivos de 3 bilhões de dólares, segundo documentos judiciais.

A Republic disse que o processo permitirá que continue normalmente sua operação enquanto reestrutura suas finanças e contratos.

No fim de 2015, a Embraer tinha 28 jatos E175 a serem entregues para a Republic, segundo dados da carteira de pedidos da fabricante.

Na manhã desta sexta-feira, a ação da Embraer caía quase 4 por cento na bolsa paulista, enquanto o Ibovespa subia 1 por cento às 10:35.

(Por Tracy Rucinski)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos