Papa pede união contra "drama dos refugiados"

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco fez um apelo neste domingo por uma resposta conjunta para ajudar as pessoas que fogem da guerra e do sofrimento em direção à Europa, enquanto a região discute como partilhar o fardo de receber os refugiados.

Dirigindo-se à multidão na Praça de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco, que lamentou a situação de sofrimento dos migrantes na fronteira entre o México e os Estados Unidos neste mês, disse que o "drama dos refugiados" está sempre em suas orações.

"A Grécia e outros países na linha de frente estão dando uma ajuda generosa a essas pessoas, que necessitam da colaboração de todos os países. Uma resposta em uníssono poderia ser eficaz e distribuir o fardo de forma justa", disse o pontífice.

"Para fazer isso, precisamos avançar decisivamente e sem reservas nas negociações", acrescentou.

A Grécia tem sido inundada com refugiados e imigrantes, depois que os países dos Balcãs fecharam suas fronteiras e a Áustria restringiu a entrada de centenas de milhares de pessoas que tentam chegar à Europa, região que vive o segundo ano de sua maior crise de migração desde a Segunda Guerra Mundial.

(Por Isla Binnie)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos