Produção industrial do Japão sobe em maior ritmo em um ano, mas perspectiva é incerta

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - A produção industrial do Japão cresceu no ritmo mais forte em um ano em janeiro, sinalizando uma melhora na atividade do setor, mas a perspectiva continua incerta diante da turbulência do mercado global e do enfraquecimento da demanda doméstica e internacional.

A produção aumentou 3,7 por cento na comparação mensal, comparado com expectativa de economistas de 3,3 por cento em pesquisa da Reuters. Em dezembro houve queda de 1,7 por cento, segundo dados do Ministério do Comércio.

Este foi o ganho mais rápido desde janeiro de 2015, liderado pela produção de carros, componentes eletrônicos e maquinário em geral, mas as indústrias veem perspectivas fracas para a produção nos próximos meses.

As vendas do varejo caíram 0,1 por cento em janeiro comparado com o ano anterior, e 1,1 por cento ante o mês anterior, seguindo a contração do Produto Interno Bruto no quarto trimestre, o que destaca a fraqueza do consumo privado, que corresponde a cerca de 60 por cento da economia.

"Expectativas de mais ação de política monetária e fiscal podem aumentar se a fraqueza nos gastos do consumidor e na economia persistir", disse o economista do SMBC Nikko Securities Yuta Egashira.

"O risco de dois trimestres seguidos de contração econômica não pode ser descartado", disse ele, levantando a possibilidade de o Japão sofrer uma recessão técnica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos