Receitas com turismo caem US$1,3 bi no Egito desde acidente com avião russo

  • MOHAMED ABD EL GHANY

CAIRO (Reuters) - As receitas com turismo no Egito diminuíram em cerca de 1,3 bilhão de dólares desde um acidente com avião russo no ano passado no Sinai, disse o primeiro-ministro egípcio, Sherif Ismail, em uma entrevista na televisão nesta segunda-feira.

O presidente do Egito afirmou na semana passada que a queda de um avião russo no Sinai em outubro passado, matando todas as 224 pessoas a bordo, foi ocasionada por terroristas que buscam danificar sua indústria do turismo e os laços com a Rússia, repetindo uma posição já manifestada pelos países ocidentais e Moscou.

"Após a queda do avião, ao longo dos últimos três ou quatro meses, perdemos cerca de 1,2 bilhão ou 1,3 bilhão de dólares em receitas", disse Sherif.

(Reportagem de Omar Fahmy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos