Trump culpa "nosso amigo comunista" Sanders por conflitos em Chicago

Emily Flitter e Fiona Ortiz

Em Chicago

  • Chris Keane/Reuters

O principal candidato à nomeação republicana para as eleições presidenciais dos Estados Unidos, Donald Trump, culpou, neste sábado (12), os seguidores do pré-candidato democrata Bernie Sanders pelos protestos que o obrigaram a cancelar um comício, em Chicago, chamando o senador de Vermont de "nosso amigo comunista".

Trump, que participou neste sábado de atos em Ohio e Misuri, cancelou o evento em Chicago na sexta-feira (11) por conflitos entre manifestantes e seguidores do magnata.

A caótica situação de sexta-feira em Chicago aconteceu depois de uma série recente de incidentes de violência nos comícios de Trump, onde manifestantes e jornalistas foram atingidos, agarrados e expulsos dos atos, gerando preocupação pela segurança para as eleições de 8 de novembro.

"De repente, surgiu um ataque planejado do nada", afirmou Trump, em um evento em Dayton, Ohio, na manhã de sábado, classificando os líderes do protesto de "profissionais".

Assegurou que os seus próprios seguidores "foram alvo de provocações, foram perseguidos por essa gente, alguns dos quais, certamente, representavam Bernie, nosso amigo comunista".

"Agora, falando sério, Bernie deveria dizer a seus seguidores (...) deveria se levantar e dizer a eles 'parem', 'parem'", acrescentou.

Antes, Trump escreveu em sua conta no Twitter: "O grupo organizado por alguém, muitos deles valentões, que cancelou os nossos direitos da Primeira Emenda em Chicago, energizou por completo os Estados Unidos!".

A Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos protege a liberdade de expressão e de reunião. O ato de Chicago estava programado antes das eleições primárias que acontecem na terça-feira, em cinco Estados, inclusive Ohio e Illinois.

O que mais se ouve em um comício de Trump? "Saia daqui"

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos