Ataque em balneário na Costa do Marfim mata ao menos 12, diz fonte policial

GRAND BASSAM (Reuters) - Ao menos 12 pessoas, incluindo 4 europeus, foram mortos neste domingo quando homens armados abriram fogo contra banhistas no balneário Grand Bassam na Costa do Marfim, disse uma fonte da polícia nacional.

Grand Bassam, a cerca de 40 km a leste da capital comercial Abidjan, é um retiro de fim de semana para os moradores de Abidjan; suas praias, bares e hotéis também são populares entre ocidentais.

"No momento, nós temos um total de 12 mortos, incluindo quatro europeus... Não sabemos ainda se há outros. Estamos fazendo uma operação de varredura agora", disse o policial, durante uma breve entrevista a jornalistas.

Os atiradores não foram identificados e não estava claro se eram afiliados a qualquer grupo militante.

O incidente ocorreu quase dois meses depois de combatentes islâmicos matarem dezenas de pessoas em um hotel e café frequentado por estrangeiros na vizinha capital de Burkina Faso, Ouagadougou, elevando a preocupações de que o alcance da militância na África Ocidental está se espalhando.

(Por Ange Aboa e Joe Bavier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos