Amazon diz que suas funcionárias recebem o mesmo que homens

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Amazon.com, pressionada por acionistas ativos a revelar suas políticas de igualdade salarial entre gêneros, disse nesta quarta-feira que suas funcionárias recebiam pagamento equivalente aos colegas homens, de acordo com uma pesquisa que a empresa conduziu recentemente.

A revelação vem no momento em que empresas norte-americanas enfrentam críticas sobre o tema da igualdade de salários, especialmente no setor de tecnologia, dominado por homens.

A varejista online divulgou os resultados de seu estudo após pressões do Arjuna Capital, unidade da empresa de investimentos Baldwin Brothers, que tem pressionado a Amazon a preparar um relatório sobre igualdade salarial entre os gêneros.

A Amazon, que estima que as mulheres correspondiam a 39 por cento de sua força de trabalho global e 24 por cento dos gerentes em julho, disse que uma pesquisa sobre pagamentos, incluindo salário base e pagamento em ações, descobriu que as mulheres recebiam 99,9 centavos de dólar para cada dólar que homens recebiam nos mesmos cargos.

(Por Mari Saito; reportagem adicional por Nathan Layne)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos